6 maneiras incríveis de usar óleo de coco (e 1 que não funcionou pra mim)

6 maneiras incríveis de usar óleo de coco

Atenção: esse post é uma declaração de amor ao óleo de coco! Porque, depois que comecei a usar, não consegui mais parar. É óleo de coco pra tudo quanto é lado aqui em casa. E ele é mesmo tudo o que dizem por aí (talvez um pouco mais). Você consegue imaginar um óleo que trata a acne? Que deixa sua pele mais macia do que qualquer hidratante de potinho? Que tira a maquiagem? Que pode ser usado na cozinha, na casa (experimenta passar naquela dobradiça barulhenta)? Óleo de coco é um baita presente da natureza. Abaixo eu listo alguns dos jeitos mais legais de usá-lo. E, como não sei enganar ninguém, também coloquei um uso que todo mundo fala bem mas que, pra mim, não funcionou.

  1. Hidratar a pele. Já faz alguns meses que praticamente aboli o uso de creminhos e só uso óleos para deixar minha pele mais macia e hidratada. Sou considerada oleosa pelos dermatos, mas tenho a maior dificuldade mesmo é com o ressecamento em algumas áreas, como a testa e as bochechas. Coisa de descamar até. Testei mais de um óleo, e o de coco foi o que deu os melhores resultados. Eu uso assim: à noite, depois de fazer TUUUUDO o que eu preciso fazer antes de ir pra cama, eu prendo os fios para trás (porque sim, vai ficar oleoso) e aplico, com a mão mesmo, algumas gotas do óleo. Tem que achar a medida: pouco não espalha, e muito deixa sua raiz e travesseiro oleosos (mas a pele lisinha, lisinha). Daí vou pra cama e, enquanto relaxo lendo um livro ou uma revista, vou massageando o óleo no rosto. O ideal é que a pele absorva tudo.
  2. Tirar a maquiagem, inclusive dos olhos. Nesse caso, eu aplico como expliquei no item anterior, aguardo alguns minutinhos e depois retiro com um papel fino ou toalha macia (que pode ser usada só para isso). Não precisa esfregar a pele pra maquiagem sair, tá? Basta fazer movimentos bem suaves, quase como uma massagem. Se precisar remover máscara de cílios, feche os olhos e aplique um tico de óleo sobre os pelos. Deixe agir por alguns segundos e retire com papel fininho ou a toalha. Eu costumo passar um papel no sentido da sobrancelha para baixo, “carregando” o rímel para a região embaixo dos olhos. Depois limpo essa parte também. Assim nao entra óleo no olho. E todo movimento nessa região tem que ser muito delicado.
  3. Secar espinhas. Gente, essa eu paguei pra ver. Jamais acreditaria se me falassem, mas eu comprovei e não é que ele ajudou mesmo a secar algumas espinhas que eu tinha no queixo? Na verdade, desde que comecei a usar o óleo como hidratante, as espinhas (que costumavam aparecer principalmente na TPM) diminuíram bastantão. É que o óleo de coco combate inflamação. E, por ser um óleo vegetal, é absorvido pela pele, quer dizer, não fica na superfície obstruindo os poros (como acontece com os óleos minerais). mas aqui vale sim um alerta: essa propriedade varia de pele para pele. Pra mim foi ótimo, mas pode ser que para você não seja.
  4. Como creme para a área dos olhos. Pra que usar dois cremes diferentes no rosto se você pode se beneficiar de um só? E que tem resultados incríveis? A pele ao redor dos olhos é mais fina do que a do resto do rosto, por isso requer mais hidratação e carinho. O óleo de coco é ideal. Aplique suavemente, com o dedo anular (aquele que a gente costuma usar a aliança), que é o dedo que tem menos força!
  5. Como desodorante. Esse é outro uso do óleo de coco que me surpreendeu bastante. Não vou dizer que ele tem o mesmo “poder” de um desodorante à base de alumínio (que, além de deixar a gente sem cheiro, também pode causar uma série de problemas de saúde, comprovados cientificamente. Pra saber mais, dá uma olhada aqui). Mas, supreendentemente, funcionou muito bem, com uma reaplicação ao longo do dia. Tem gente que mistura com bicarbonato de sódio ou algum óleo essencial, mas eu usei ele purinho, depois do banho.
  6. Para amaciar e desodorizar os pés. Tenho a maior aflição de pés ressecados. Acho que pela textura mais grossinha. Aqui a dica é fazer uma esfoliação antes de dormir e depois aplicar o óleo. Vista uma meia (mesmo no calor), pois ela vai ajudar o óleo a penetrar melhor, agir durante a noite toda e ainda proteger seu lençol. Ah, o pé não só vai ficar mais macio como também mais cheirosinho <3.

e um que não achei nada incrível

Todo mundo fala das maravilhas que ele pode fazer pelo cabelo, mas pra mim nunca deu certo. Nas vezes que tentei usar o óleo de coco como máscara de hidratação meu cabelo ficou horrível: ressecado, duro e sem brilho. Devo estar fazendo algo errado, só pode. Mas ainda não descobri o que é.

 

3 Comments on 6 maneiras incríveis de usar óleo de coco (e 1 que não funcionou pra mim)

  1. Carla Vila Verde
    27 de junho de 2016 at 19:01 (1 ano ago)

    Ontem mesmo tava procurando receita de desodorante natural/caseiro e vi várias que levam óleo de coco! Agora que vi seu post, fiquei ainda mais confiante!!! Vou fazer e começar a usar 😉 Te conto depois!!!

    Responder
  2. Marina Oliveira
    29 de setembro de 2016 at 17:03 (1 ano ago)

    Adorei! Vou testar para as espinhas.

    Responder
    • carol
      25 de outubro de 2016 at 16:04 (12 meses ago)

      E aí, testou? Me conta se funcionou. Aqui pra mim foi o que equilibrou minha pele! Beijos e obrigada pela visita <3

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *